Pontos Cantados de Marinheiros

Pontos de Marinheiros

A onda me trouxe

A onda me trouxe, o vento me leva
Quando a onda passar, eu me sento na pedra
A onda me trouxe, o vento me leva
Quando a onda passar, eu me sento na pedra

Artilharia já salvei

Artilharia já salvei, artilharia já salvei
Lá na ribeira deu sinal
Artilharia já salvei, artilharia já salvei
Lá na ribeira deu sinal
Seu marinheiro agüenta o leme
Seu marinheiro agüenta o leme
E não deixa o barco virar
Não deixa o barco virar

Artilharia já salvei, artilharia já salvei
Lá na ribeira deu sinal

Lá fora apitou o navio

Lá fora apitou um navio
Ele apitou e tornou a apitar
A barra esta toda tomada
Dos marinheiro de Martin parangola
Lá fora apitou um navio
Ele apitou e tornou a apitar
A barra esta toda tomada
Dos marinheiro de Martin parangola

A barquinha virou

A barquinha virou
Virou nas ondas do mar
A barquinha virou
Marinheiro não soube remar
A barquinha virou
Virou nas ondas do mar
A barquinha virou
Marinheiro não soube remar

Boca de garrafão

Marujo bebe na boca do garrafão
Pisa de pé em pé pra não cair não chão
Marujo bebe na boca do garrafão
Pisa de pé em pé pra não cair não chão
Marujo bebe na boca do garrafão
Samba a noite inteira com a garrafa na mão
Marujo bebe na boca do garrafão
Samba a noite inteira com a garrafa na mão

Eu viajei o mar inteiro

Eu viajei camarada, o mar inteiro
Ah eu remei camarada, o mundo inteiro
Eu viajei camarada, o mar inteiro
Ah eu remei camarada, o mundo inteiro
Água salgada meu mano, quem me criou
Eu vim do mar camarada, pro mar eu vou
Água salgada meu mano, quem me criou
Eu vim do mar camarada, pro mar eu vou

Martin Pescador

Oh Martin Pescador que banda é a sua
Bebendo cachaça e caindo na rua
Oh Martin Pescador que banda é a sua
Bebendo cachaça e caindo na rua
Eu bebo minha cachaça, eu bebo muito bem
Bebo com meu dinheiro, não é da conta de ninguém
Oh Martin Pescador que banda é a sua
Bebendo cachaça e caindo na rua
Oh Martin Pescador que banda é a sua
Bebendo cachaça e caindo na rua

Meu navio ficou no mar

Saltei em terra meu navio ficou no mar
Saltei em terra meu navio ficou no mar
De longe vejo uma faixa azul
Seu moço perguntou quem era
Sou o marujo filho de Dada Oxum
Seu moço perguntou quem era
Sou o marujo filho de Dada Oxum

Rema a Canoa

Rema a canoa, marinheiro
Rema a canoa, devagar
Essa canoa só feita
Pra Martin Parangola
Rema a canoa, marinheiro
Rema a canoa, devagar
Essa canoa só feita
Pra Martin Parangola

Marinheiro é hora

Marinheiro é hora, é hora de vir trabalhar
Marinheiro é hora, é hora de vir trabalhar
É pau, é chuva é pedra
Marujo nas ondas do mar
Marinheiro é hora, é hora de vir trabalhar
Marinheiro é hora, é hora de vir trabalhar
É pau, é chuva é pedra
Marujo nas ondas do mar

Marinheiro salvador

Seu marinheiro eu não sei porque
Toda madrugada eu sonho é com você
Marinheiro é bom, bom nesta corrente
Só o Marinheiro pra salvar toda essa gente

Marinheiro só

Eu não sou daqui, marinheiro só
Eu não tenho amor, marinheiro só
Eu sou da Bahia, marinheiro só
E de São Salvador, marinheiro só

Oh marinheiro, marinheiro, marinheiro só
Quem te ensinou a nadar, marinheiro só
Ou foi o tombo do navio, marinheiro só
Ou foi o balanço do mar, marinheiro só

Lá vem, lá vem, marinheiro só
Como ele vem faceiro, marinheiro só
Todo de branco, marinheiro só
Com o seu bonezinho, marinheiro só
Sai sai Catarina, saia do mar venha ver Idalina
Sai sai Catarina, saia do mar venha ver, venha ver

Sua morada é no mar

Seu Marinheiro sua morada é no mar
Seu Marinheiro sua morada é no mar
Eu vou, eu vou, remando, remando para o mar
Eu vou, eu vou, remando, remando para o mar
Seu marinheiro que balanço é esse
Seu marinheiro que balanço é esse
É seu barquinho que vai para o mar
Levando flores belas pra mãe Iemanjá
É seu barquinho que vai para o mar
Levando flores belas pra mãe Iemanjá

Minha jangada vai sair pro mar

Minha jangada vai sair pro mar
Pra trabalhar, meu bem querer
Se Deus quiser quando eu voltar do mar
Um peixe bom eu vou trazer, hei de trazer
Meus companheiros também vão voltar
E a Deus do céu vamos agradecer

Remeiro de Iemanjá

Foi num barquinho que a vovó me trouxe
É num barquinho que a vovó vai me levar
Foi num barquinho que a vovó me trouxe
É num barquinho que a vovó vai me levar

Eu sou remeiro, eu sou remeiro, eu sou remeiro
Eu sou remeiro, da Senhora Iemanjá
Eu sou remeiro, eu sou remeiro, eu sou remeiro
Eu sou remeiro, da Senhora Iemanjá

Vem marinheiro

Vem marinheiro dá licença de passar
Seu navio entrou no porto
Ele vem de alto mar
Já cruzei a hora grande, mar revolto eu enfrentei
Vou chamar pela pesqueira, para ver se ela vem
Quando eu pisar em terra, vou falar com minha velha
Meu navio foi no balanço, é no balanço é que ele vai
Meu navio foi no balanço, é no balanço é que ele vai

 

click no link abaixo para ver :

Marinheiros na Umbanda               Marinheiros                         Oferenda de Marinheiros 

Esta entrada foi publicada em Pontos Cantados. Adicione o link permanente aos seus favoritos.