bv1




Salve o povo cigano.

Os Espíritos Ciganos são também, uma linha de trabalhos espirituais que busca seu espaço próprio, pela força que demonstram em termos de caridade e serviços a humanidade. Seus préstimos são valiosas contribuições no campo do bem-estar pessoal e social, saúde, equilíbrio físico, mental e espiritual, e tem seu alicerce em entidades conhecidas popularmente com "encantadas".

São entidades que há pouco tempo ganharam força dentro dos rituais da Umbanda. Erroneamente no começo eram confundidos com entidades espirituais que vinham na linha dos Exus, tal confusão se dava por algumas ciganas se apresentarem como Cigana das Almas, Cigana do Cruzeiro ou nomes semelhantes a esses utilizados por Exus e Pombas-Gira. Hoje, o culto está mais difundido, se sabe e se conhece mais coisas sobre essas entidades, chegando algumas casas a terem um ou mais dias específicos para o culto aos espíritos ciganos.

Não tem na Umbanda o seu alicerce espiritual, como dissemos; se apresentam também em rituais do tipo mesa branca, Kardecistas e em outros rituais específicos de culto à natureza e todos os seus elementos, por terem herdado de seu povo, o cigano, o amor incondicional à proteção da natureza.

Encontraram na Umbanda um lugar quase ideal para suas práticas por uma necessidade lógica de trabalho e caridade.

Na Umbanda passaram a se identificar com os toques dos atabaques, com os pontos cantados em sua homenagem e com algumas das oferendas que são entregues às outras entidades cultuadas pela Umbanda. Encontraram lá, na Umbanda, uma maneira mais rápida de se adaptarem a cultos e é por isso que hoje é onde mais se identificam e se apresentam.

São entidades oriundas de um povo muito rico de histórias e lendas, foram na maioria andarilhos que viveram nos séculos XIII, XIV, XV e XVI. Tem na sua origem o trabalho com a natureza, a subsistência através do que plantavam e o desapego as coisas materiais.


Dentro da Umbanda seus fundamentos são simples, não possuindo assentamentos ou ferramentas para centralização da força espiritual. São cultuados em geral com imagens bem simples, com taças com vinho ou com água, doces finos e frutas solares. Trabalham também com as energias do Oriente, com cristais, incensos, pedras energéticas, com as cores, com os quatro sagrados elementos da natureza e se utilizam exclusivamente de magia branca natural, como banhos e chás elaborados exclusivamente com ervas.

Diferentemente do que pensamos e aprendemos, raramente são incorporadas, preferindo trabalhar encostadas e são entidades que devem ser cultuadas na direita, pois quando há necessidade de realizarem qualquer trabalho na esquerda, são elas que se incumbem de comandar as entidades ciganas que trabalham para este fim, por isso, não precisam de assentamentos. Por isso tudo fica evidenciado que são entidades que trabalham exclusivamente para o bem.

Santa Sarah Kali é sua orientadora para o bom andamento das missões espirituais. Não devemos confundir tal fato com Sincretismos, pois Santa Sarah é tida como orientadora espiritual e não como patrona ou imagem de algum sincretismo.

Ciganos na Umbanda, são espíritos desencarnados homens e mulheres que pertenceram ao povo cigano.


Os ciganos em geral, tem seus rituais especificos e cultuam muito a natureza, os astros e ancestrais. A santa protetora do povo cigano é "Santa Sara Cali". Dentro da Umbanda, trabalham para o progresso financeiro e para as causas amorosas. Cheios de simpatias espitiruais, os espiritos ciganos trabalham para a cura de doenças espitiruais.

Os ciganos, dentro da ritualistica umbandista, falam a língua "portunhol", alguns, poucos, falam o romanês, língua original dos ciganos. As incorporações acontecem geralmente em linha própria, mas nada impede que eles possam a vir trabalhar na linha de Exú.












"A vida as vezes nos mostra algo, que não entendemos no ato, mas com certeza no futuro entenderemos, então não adianta o desespero antecipado, sempre haverá uma explicação para tudo que passamos. Eu vivo a minha verdade, então o que espera para viver a sua?" (Pelo Espírito Cigano das Almas 05/06 2005)

 

CIGANA

És uma linda flor que desabrocha ao amanhecer.

És um espirito de luz.

És a luz que clareia nossas mentes

Para que possamos dar um

Conselho na hora certa.

És o espirito que nos dá força para

Superarmos todos os nosso obstáculos.

És a estrela brilhante que ilumina

Nossas vidas neste planeta Terra.

És um espirito maravilhoso que a noite

Vigia nossos sonhos,

Impedindo a aproximação de espiritos maléficos.

Cigana, com tuas fitas coloridas,

Estás sempre transmitindo a força do arco-íris.

Sempre que um aflito te invocar,

Possas transmitir a energia da

Paz, da harmonia e da consolação.

Que,ao olhar a chama de uma vela,

Possamos sentir tua presença.

Que, ao tocar um cristal,

Possamos sentir tua energia positiva.

Que, ao sentir o aroma de violetas,

Possamos sentir que estás nos confortando.

Cigana, cobre-nos com tua saia colorida,

Escondendo-nos doa invejosos e

Mostrando a eles que o caminho não é esse.

Cigana encantada, que nesta hora

Possamos sentir segurança, paz e felicidade.

Com teu encanto, encanta coisas boas para que

Nossos caminhos não tenham obstáculos.

Desencanta todas as perturbações que existem nos lares.

Cigana, cura aqueles que estejam doentes

Do espírito,da alma e da matéria.

Com o poder do Pai-sol,

Com o poder da Mãe-Terra,

Nós te pedimos que nossos pedidos

sejam atendidos,

Por Santa Sara, a padroeira dos ciganos, e por

Todos os espíritos ciganos que viveram e

sofreram nesta Terra,

Nesta corrente de fé, cigana.

cigano




Texto de Ana da cigana Natasha

Transcrito por Joana Ciganna

Saiba mais...




Oh! Poderoso Grande Rei Cigano.

Que nessa hora venho saudar.

Saúdo as forças das estrelas. Saúdo as ondas

do mar. Saúdo toda as tribos ciganas

que nessa hora estou à invocar.

Pedindo licença ao teu povo para trabalhar.

Saúdo as montanhas, os vales, as gotas de orvalho,as areias.

Teu povo dança feliz invocando a vida e a beleza.

Em suas músicas há a graça do bailar livre em liberdade a sonhar.

Teus tesouros são infinitos por que nem um preço

pode pagar o valor da liberdade dos pés descalços a caminhar.

Tuas jóias tem o brilho mais caro.

Teus homens ciganos põem a mão ao peito para seu talismã esquentar.

Tuas mulheres abanam seus leques para os maus espíritos afugentar.

Tuas fogueiras possuem as salamandras mais altas

que nos olhos de teu povo sabe brilhar.

Aquece-nos agora oh! Grande Rei

para que essa oração não possa acabar.

Enquanto um cigano olhando ao céu orar.

Amém.



Oração aos 7 Ciganos:


Sete Ciganos! Que eu possa olhar a estrada de terra batida, as pedras do caminho e sentir vossas presenças.
Quando me sentir só que eu possa olhar para as árvores da estrada e sentir através de leve aragem as vossas forças. Que na minha tristeza eu escute o som do violino cigano, através do canto dos pássaros que se torne impossível eu ficar impassível porque é a vossa música dizendo que estais junto de mim. Que eu possa ir as montanhas e campos e descubra a beleza da natureza e sinta o maravilhoso poder de Deus se fazendo presente. Que eu possa deixar o orgulho, a tristeza, as decepções e obstáculos na terra, pois nada mais existe perante toda essa festa de cores, toda essa luminosidade que vem do arco-íris e representa as irradiações dos sete ciganos.
Que eu me sinta purificada neste ritual de cores e beleza.
Feliz e vitoriosa com a presença dos 7 ciganos na minha estrada.
Que assim seja!



Prece ao cigano Wladimir:

Ó glorioso e poderoso cigano Wladimir, neste instante,
é com o meu coração cheio da mais profunda fé,
que me dirijo ao teu luminoso espírito,
que tem poder e forças entre todas as entidades ciganas que hoje,
como estrelas brilhando no infinito,
são entidades que por misericórdia nos assistem em nossas aflições.
Em particular a ti, peço, querido cigano Wladimir, que me ampares,
com teu coração bondoso, jamais deixando que eu venha a cair
sob o impulso das provas desta vida;
protege meu corpo, livrando-o das doenças;
protege o meu coração,
não deixando nunca que nele se abrigue o ódio;
protege minha mente, para que ela seja sempre abrigo
de pensamentos positivos e de força;
protege a minha família,
protege o meu caminho, livrando-me dos inimigos,
da terra e do espaço.
Por todo o bem que sei que fazes sempre,
por todos aqueles que depositam fé incondicional em ti,
é que peço à Santa Sara, a Padroeira Universal dos Ciganos,
que encha teu espírito de Força, Luz e Poder,
para que estejas sempre pronto a atender aos teus filhos,
aos teus seguidores...
e a Deus, nosso Pai maior, peço que tome nos braços este filho
tão querido que és e, ao lado dele,
jamais esqueças de nós,
Ó glorioso e bondoso cigano Wladimir.
Amém



Oração cigana para realização de seus propósitos:

Salve a natureza! Salve o círculo mágico azul que me envolve!

Eu sou feliz e rica, eu tenho o hoje e o amanhã! Tenho o meu futuro pela frente!

A saúde tomou conta de meu corpo!

Obrigado, por tudo de bom que vós me destes e continuarás dando!

Porque eu posso, eu quero, eu mereço eu vou conseguir através da Lua Cigana, e dos Mentores Ciganos, eu realizarei todos os meus sonhos, porque querer é poder, e eu posso!

Salve Santa Sara Kali! Que sempre ilumine o meu caminho, afastando os inimigos da minha estrada, que os olhos deles não cheguem até os meus e que seus passos não cruzem o meu caminho.

Que assim seja e assim se faça!



ORAÇÃO CIGANA PARA UM NOVO DIA

Aqui estou, Senhor meu Deus, em tua presença, diante do altar da natureza, pronto para iniciar um novo dia. A minha alma reconhecida agradece a graça de ver de novo a luz do sol que nos aquece e nos dá a vida.

Estou curvado, com meus joelhos no chão, à espera que o Senhor da Bondade se digne a lançar sua bênção sobre seu servo, para que eu possa dedicar este dia a louvar e honrar a vontade daquele que reina sobre a Luz e as Trevas.

Aqui me curvo e aguardo as bênçãos sobre mim, minha família, meus amigos e minha gente, para que juntos possamos render graças a Deus, porque ele nos deu a Luz, porque ele nos deu a Vida. Amém!"



ORAÇÃO CIGANA DA NOITE

"Senhor Deus de Bondade, acolhe meu espírito e descansa meu corpo, ao fim de mais um dia. Purifica minha alma das tristezas e dos dissabores, enquanto a alimenta com as alegrias e os prazeres.

Senhor, leva-me ao sono, para que eu possa sonhar com tua glória, reconciliando-me com o passado, aceitando o meu presente e esperando confiante pelo futuro que me anuncias.

Concede-me, Senhor, após mais uma noite de descanso que eu tenha a graça de rever a luz do sol, para que possa continuar minha obra de louvar-te, amar-te e cumprir com teus mandamentos. Amém!"





Pontos cantados do Povo Cigano


AMOR CIGANO

Mas vejam só,

Mas sejam só,

Que maravilha é aquela,

Ao som do seu violino a tocar,

É um cigano,

Que vem trabalhar!...

É um cigano valente,

É um cigano guerreiro,

Que vem nos ajudar. (bis)

Transmitindo paz,

Alegria e amor,

Você me fascina,

Você me irradia,

És o cigano do amor...

Ao som do seu violino a tocar,

Vem tirar toda a maldade,

Toda feitiçaria que tem neste lugar,

A lua brilha, a lua brilha,

Sua estrela reluz,

Santa Shara Kaliu,

É quem lhe conduz.





CIGANA DAS ROSAS

Se eu colhesse todas as rosas,

Que nascem nos mais lindos jardins,

Não teria a magia,

Do perfume que você transmite,

Em mim, oh cigana,

Oh cigana.

Com sua saia rodada,

Enfeitada de várias cores,

Trazendo seus mistérios,

Que uma rainha possui,

Com todos os seus esplendores,

Oh cigana.



POVO CIGANO

Harribá! Harribá!

Meu povo cigano. (bis)

Com suas carruagens a passear,

Eles vão pela estrada a fora,

Vão cantarolando,

Para o tempo passar,

Mas a estrada é longa,

Até seu destino achar.

Meu povo,

Meu povo cigano.

Quando acampam para descansar,

Fazendo suas fogueiras,

Para trabalhar...

Harribá!

Harribá! Harribá!

Meu povo cigano...



CIGANA SALAMANDA

Ela vem de longe,

Pela estrada a fora,

Vem trazendo a paz,

Para todos que aqui vem.

Com seu baralho na mão,

O seu vinho na taça,

Ela é a cigana,

Para todos que tem fé.

Salve, salve a cigana!

Salve, salve a cigana!

Ela é a Cigana Salamanda,

Do povo do Oriente.

Mas ela vem de...



FEITIÇO DA CIGANA

Cigana linda,

Do olhar feiticeiro,

Cigana das Rosas Vermelhas,

O seu perfume,

Tem o feitiço,

De matar os feiticeiros.

Na sua cor,

Ela transmite o amor,

No seu perfume.

A alegria de viver,

Oh cigana linda,

Oh linda cigana,

Ciganinha do amor.



LUA CHEIA

Com seu colar de ouro,

Sua pulseira dourada,

Sua saia rodada,

Ela sai a bailar.

Dança, dança cigana,

Quero ver você dançar,

Espalhando seus mistérios,

Na dança que sabes dar.

Lua cheia!

Lua cheia clareou, clareou,

Lua cheia vai clarear, clarear,

As estradas tão longas,

Para a cigana dançar.

Lua cheia! (bis)

Com seu lenço colorido,

Seu rosto lindo e belo,

Transforma este teu mundo,

Num mundo de paraíso.

Lua cheia!

Lua cheia clareou, clareou,

Lua cheia vai clarear, clarear,

Os caminhos tão longos,

Para os ciganos passar.

Lua cheia! (bis)

Com seu colar de ouro,

Sua pulseira dourada,

Sua saia rodada,

Ela sai a bailar.

Dança, dança cigana,

Quero ver você dançar,

Espalhando seus mistérios,

Na dança que sabes dar.

Lua cheia!

Lua cheia clareou, clareou,

Lua cheia vai clarear, clarear,

As estradas tão longas,

Para a cigana dançar.

Lua cheia...(bis)



CABANA FLORESTAL

Numa cabana florestal,

Apareceu uma linda cigana,... (bis)

Vestida toda de ouro,

Esperando seu amor chegar,

E de repente,

Um cigano surgia,

Com seu violino na mão,

Tocando sem parar,

E deu início para a festa começar,

E a cigana sorria,

Com o que ele dizia,

Para o seu coração,

És a luz da minha vida,

A estrela que ilumina,

O meu viver,

Cigana !...

Baila comigo faz a roda,

Com seu pandeiro e as castanholas,

E eu canto pra você. (bis)



CIGANA SONHADORA

Ela saiu em busca,

Mas em busca de um grande amor,

Contemplando a natureza,

Para sua sorte encontrar,

As folhas farfalhavam,

As águas a rolar,

As flores exalam seus perfumes,

E os pássaros a cantar...

Olhem só quanta emoção,

Quando encontrou,

O seu grande amor,

É um cigano guerreiro,

Com sua espada na mão,

Ele disse eu sou Fladimir,

Pois sou um cigano sonhador,

Por isso linda cigana,

Não vivo sem o seu amor.



CIGANA CARMENCITA

Numa noite linda,

Eu vi uma cigana,

Com sua pulseira dourada,

E no seu peito um cordão,

Com seu pandeiro de fitas,

Ela leu minha mão (Carmencita).

Deu-me tanta alegria,

Eu jamais ei de esquecer deste dia,

Existem duas estradas para você,

Uma é de espinhos,

A outra é a escolher.

Oh cigana,

Oh cigana,

Sei que você não me engana,

Oh cigana.



CIGANA SULAMITA

Moça sua casa é a estrada,

Sem lugar certo para ficar,

Vive daqui pra li,

Vive de lá pra cá,

Com seu pandeiro de fita,

E um baralho pra jogar.

Tem uma luz nos seus olhos,

Para ajudar,

Quem lhe procurar.

Esta cigana é tão bonita,

Estou falando da cigana Sulamita.



CARMENCITA

Carmencita, Carmencita,

Eta cigana bonita.

Muito grande é seu poder,

Com a sua saia a rodar,

Pelo caminhos da vida,

Ela segue a cantar,

Quando a lua é lua cheia,

Estando a fogueira a queimar,

Espalha graça e beleza,

Cheiro de rosas no ar.

Carmencita, Carmencita,

Eta cigana bonita.

Tocando seu pandeiro,

Faz uma roda formosa,

Pergunta sua sinda,

Onde estão as castanholas,

Oh !



PROTEÇÃO DE CIGANO

Brilha uma estrela,

No céu,

Me encantou um violino,

Cigano, cigano, cigano,

A estrela do Oriente,

Guiou o seu destino.

Santa Shara é amor ( é amor ),

Minha estrada não sorria,

Assim iluminou,

Um amigo, um irmão,

Ele tem bom coração,

Estrela guia do Oriente,

Ilumina este cigano valente.



LINDA CIGANA

Vem linda cigana,

Traz sete rosas vermelhas,

A noite está enluarada,

É na estrada a sua morada,

Seu pandeiro tocou,

E lá no céu,

Uma estrela te guiou,

Chegou formosa,

Que irradia,

Pra todos nós,

A sua alegria.

O teu carinho,

Que nos seduz,

Traz da estrada,

Fagulhas de luz.



CIGANA FORMOSA

Cigana,

Tão bonita e tão formosa,

Do meu jardim tu és a rosa,

É brisa leve,

Soprando por onde for,

Tem sua magia,

Seu perfume me seduz,

Teu baralho me irradia.

Cigana,

Sua tribo cantando,

Santa Shara abençoando,

Este encontro de paz.

Cigana,

É minha luz, minha alegria,

Não me canso de louvar,

Esta tribo noite e dia,

Cigana.

xxxxxxxxxxx

CIGANA DA PRAIA

Já era alta madrugada,

Passando numa estrada,

Eu vi uma cigana,

Perguntei o nome dela,

Ela então me respondeu

Sou a Cigana da Praia.

Encantado eu fiquei,

Por muito tempo lhe procurar,

Sei que abaixo de Deus,

Só você é quem pode me ajudar,

Retirou toda mandinga,

Toda feitiçaria,

Que havia em cima de mim,

Se não fosse você linda cigana,

Talvez fosse o meu fim.

Eu agradeço,

Oh cigana querida,

Que estendeu para mim,

A mão amiga.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
PODER DOS CRISTAIS

Ouvi um violino,

Da beira do mar,

Fiquei tão fascinado,

Procurei até encontrar,

Quando vi ao longe,

Um cigano de branco,

Tocando sem parar,

E uma cigana,

Muito faceira,

Cigana Carmelita,

A cigana feiticeira.

Trazendo seus cristais na mão,

De todas as cores,

E me dizia,

Qual deles me pertencia,

Dizia também,

O poder que eles tem. (bis)

O amarelo, a prosperidade,

O lilás, a proteção,

O azul, transmite a paz,

E o verde, a saúde,

O rosa, me traz amor,

Linda cigana,

Sua proteção,

Muito obrigado,

Pela sua informação,

Linda cigana,

Sua proteção,

Muito obrigado,

Pela sua informação.









VoltarPontos cantados do Povo Cigano




AMOR CIGANO

Mas vejam só,

Mas sejam só,

Que maravilha é aquela,

Ao som do seu violino a tocar,

É um cigano,

Que vem trabalhar!...

É um cigano valente,

É um cigano guerreiro,

Que vem nos ajudar. (bis)

Transmitindo paz,

Alegria e amor,

Você me fascina,

Você me irradia,

És o cigano do amor...

Ao som do seu violino a tocar,

Vem tirar toda a maldade,

Toda feitiçaria que tem neste lugar,

A lua brilha, a lua brilha,

Sua estrela reluz,

Santa Shara Kaliu,

É quem lhe conduz.





CIGANA DAS ROSAS

Se eu colhesse todas as rosas,

Que nascem nos mais lindos jardins,

Não teria a magia,

Do perfume que você transmite,

Em mim, oh cigana,

Oh cigana.

Com sua saia rodada,

Enfeitada de várias cores,

Trazendo seus mistérios,

Que uma rainha possui,

Com todos os seus esplendores,

Oh cigana.



POVO CIGANO

Harribá! Harribá!

Meu povo cigano. (bis)

Com suas carruagens a passear,

Eles vão pela estrada a fora,

Vão cantarolando,

Para o tempo passar,

Mas a estrada é longa,

Até seu destino achar.

Meu povo,

Meu povo cigano.

Quando acampam para descansar,

Fazendo suas fogueiras,

Para trabalhar...

Harribá!

Harribá! Harribá!

Meu povo cigano...



CIGANA SALAMANDA

Ela vem de longe,

Pela estrada a fora,

Vem trazendo a paz,

Para todos que aqui vem.

Com seu baralho na mão,

O seu vinho na taça,

Ela é a cigana,

Para todos que tem fé.

Salve, salve a cigana!

Salve, salve a cigana!

Ela é a Cigana Salamanda,

Do povo do Oriente.

Mas ela vem de...



FEITIÇO DA CIGANA

Cigana linda,

Do olhar feiticeiro,

Cigana das Rosas Vermelhas,

O seu perfume,

Tem o feitiço,

De matar os feiticeiros.

Na sua cor,

Ela transmite o amor,

No seu perfume.

A alegria de viver,

Oh cigana linda,

Oh linda cigana,

Ciganinha do amor.



LUA CHEIA

Com seu colar de ouro,

Sua pulseira dourada,

Sua saia rodada,

Ela sai a bailar.

Dança, dança cigana,

Quero ver você dançar,

Espalhando seus mistérios,

Na dança que sabes dar.

Lua cheia!

Lua cheia clareou, clareou,

Lua cheia vai clarear, clarear,

As estradas tão longas,

Para a cigana dançar.

Lua cheia! (bis)

Com seu lenço colorido,

Seu rosto lindo e belo,

Transforma este teu mundo,

Num mundo de paraíso.

Lua cheia!

Lua cheia clareou, clareou,

Lua cheia vai clarear, clarear,

Os caminhos tão longos,

Para os ciganos passar.

Lua cheia! (bis)

Com seu colar de ouro,

Sua pulseira dourada,

Sua saia rodada,

Ela sai a bailar.

Dança, dança cigana,

Quero ver você dançar,

Espalhando seus mistérios,

Na dança que sabes dar.

Lua cheia!

Lua cheia clareou, clareou,

Lua cheia vai clarear, clarear,

As estradas tão longas,

Para a cigana dançar.

Lua cheia...(bis)



CABANA FLORESTAL

Numa cabana florestal,

Apareceu uma linda cigana,... (bis)

Vestida toda de ouro,

Esperando seu amor chegar,

E de repente,

Um cigano surgia,

Com seu violino na mão,

Tocando sem parar,

E deu início para a festa começar,

E a cigana sorria,

Com o que ele dizia,

Para o seu coração,

És a luz da minha vida,

A estrela que ilumina,

O meu viver,

Cigana !...

Baila comigo faz a roda,

Com seu pandeiro e as castanholas,

E eu canto pra você. (bis)



CIGANA SONHADORA

Ela saiu em busca,

Mas em busca de um grande amor,

Contemplando a natureza,

Para sua sorte encontrar,

As folhas farfalhavam,

As águas a rolar,

As flores exalam seus perfumes,

E os pássaros a cantar...

Olhem só quanta emoção,

Quando encontrou,

O seu grande amor,

É um cigano guerreiro,

Com sua espada na mão,

Ele disse eu sou Fladimir,

Pois sou um cigano sonhador,

Por isso linda cigana,

Não vivo sem o seu amor.



CIGANA CARMENCITA

Numa noite linda,

Eu vi uma cigana,

Com sua pulseira dourada,

E no seu peito um cordão,

Com seu pandeiro de fitas,

Ela leu minha mão (Carmencita).

Deu-me tanta alegria,

Eu jamais ei de esquecer deste dia,

Existem duas estradas para você,

Uma é de espinhos,

A outra é a escolher.

Oh cigana,

Oh cigana,

Sei que você não me engana,

Oh cigana.



CIGANA SULAMITA

Moça sua casa é a estrada,

Sem lugar certo para ficar,

Vive daqui pra li,

Vive de lá pra cá,

Com seu pandeiro de fita,

E um baralho pra jogar.

Tem uma luz nos seus olhos,

Para ajudar,

Quem lhe procurar.

Esta cigana é tão bonita,

Estou falando da cigana Sulamita.



CARMENCITA

Carmencita, Carmencita,

Eta cigana bonita.

Muito grande é seu poder,

Com a sua saia a rodar,

Pelo caminhos da vida,

Ela segue a cantar,

Quando a lua é lua cheia,

Estando a fogueira a queimar,

Espalha graça e beleza,

Cheiro de rosas no ar.

Carmencita, Carmencita,

Eta cigana bonita.

Tocando seu pandeiro,

Faz uma roda formosa,

Pergunta sua sinda,

Onde estão as castanholas,

Oh !



PROTEÇÃO DE CIGANO

Brilha uma estrela,

No céu,

Me encantou um violino,

Cigano, cigano, cigano,

A estrela do Oriente,

Guiou o seu destino.

Santa Shara é amor ( é amor ),

Minha estrada não sorria,

Assim iluminou,

Um amigo, um irmão,

Ele tem bom coração,

Estrela guia do Oriente,

Ilumina este cigano valente.



LINDA CIGANA

Vem linda cigana,

Traz sete rosas vermelhas,

A noite está enluarada,

É na estrada a sua morada,

Seu pandeiro tocou,

E lá no céu,

Uma estrela te guiou,

Chegou formosa,

Que irradia,

Pra todos nós,

A sua alegria.

O teu carinho,

Que nos seduz,

Traz da estrada,

Fagulhas de luz.



CIGANA FORMOSA

Cigana,

Tão bonita e tão formosa,

Do meu jardim tu és a rosa,

É brisa leve,

Soprando por onde for,

Tem sua magia,

Seu perfume me seduz,

Teu baralho me irradia.

Cigana,

Sua tribo cantando,

Santa Shara abençoando,

Este encontro de paz.

Cigana,

É minha luz, minha alegria,

Não me canso de louvar,

Esta tribo noite e dia,

Cigana.

xxxxxxxxxxx

CIGANA DA PRAIA

Já era alta madrugada,

Passando numa estrada,

Eu vi uma cigana,

Perguntei o nome dela,

Ela então me respondeu

Sou a Cigana da Praia.

Encantado eu fiquei,

Por muito tempo lhe procurar,

Sei que abaixo de Deus,

Só você é quem pode me ajudar,

Retirou toda mandinga,

Toda feitiçaria,

Que havia em cima de mim,

Se não fosse você linda cigana,

Talvez fosse o meu fim.

Eu agradeço,

Oh cigana querida,

Que estendeu para mim,

A mão amiga.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
PODER DOS CRISTAIS

Ouvi um violino,

Da beira do mar,

Fiquei tão fascinado,

Procurei até encontrar,

Quando vi ao longe,

Um cigano de branco,

Tocando sem parar,

E uma cigana,

Muito faceira,

Cigana Carmelita,

A cigana feiticeira.

Trazendo seus cristais na mão,

De todas as cores,

E me dizia,

Qual deles me pertencia,

Dizia também,

O poder que eles tem. (bis)

O amarelo, a prosperidade,

O lilás, a proteção,

O azul, transmite a paz,

E o verde, a saúde,

O rosa, me traz amor,

Linda cigana,

Sua proteção,

Muito obrigado,

Pela sua informação,

Linda cigana,

Sua proteção,

Muito obrigado,

Pela sua informação.





Homenagem a Santa Sara Kali.





Ser Cigano é

respeitar a liberdade, a natureza e acima de tudo a vida.

É viver e deixar viver. É ter a lucidez de saber esperar É não esgotar todos os recursos.

É preferir morrer com honra, do que viver desonrado. É ter como lema ser feliz.

É agradecer as pequeninas coisas da vida. É dignificar seus velhos. É glorificar suas crianças.

É respeitar os povos e as coisas que se desconhece. É nunca contestar a Justiça Divina.

É acima de tudo amar e respeitar Deus e Seu filho Jesus Cristo, nosso grande Mensageiro.





Vídeos do Povo Cigano.














Quem Somos
Orações diversas
Orações em vídeos
Lavagem do Bonfim
Ervas dos Orixás.
Dicas de Banho de descarrego
Oferendas a Xangô
Pontos riscados
Guias e seus trabalhos
A força da pomba-gira.
Oferendas de Caboclo.
Buscando o meu Orixá.
Artigos de Umbanda.
Farofas de Seu Zé.
Benzimento.
Dicionário da Umbanda.
Jogo de Búzios.
Baralho Cigano.
Mensagens de Fé e Otimismo.
Religiões, linhas Sagradas
Assistência
Amaci.
Banhos Ciganos
Padê de exu
Oferendas
Oração de Caboclos
Quedas e Fracassos de um médium.
Preto-velho.
Pontos Mp3 Guias
Mensagem de Preto-velho
Livro de Visitas
Homenagem a Ogum
Histórias de Oxumarê.
Histórias de Ewá.
Histórias de Oxossi
Histórias de Exú
Lendas de Yansã
Lendas de Exu.
Orixá Tempo.
Lendas de Xangô.
Lendas de Ibeji
Ogum Xoroquê
Pai joaquim de angola

Baianos no terreiro.
Vestes na Umbanda
Ossaim
Maria Mulambo
Simpatias Ciganas
Amuletos & talismãs.
Dividindo com você.
Preces e orações de Preto-velhos.
Incensos.
Umbanda não faz milagre. Faz caridade
Salmos
Pontos Cantados
Pedir não é cobrar.
ATUAÇÃO dos preto-velhos.
Oferendas de Oxum.
Oferendas de yemanjá.
ORIXÁS
lendas de Nanã Buruke
Textos de Auto ajuda
Textos de Umbanda
Bezerra de Menezes
Zé Pilintra
Logun Edé
Pontos Cantados II
Pomba Giras
Exu
PRETO VELHO
Caboclos.


r11





Ao mestre com carinho

Oração a Pai João de Angola

Ogum

Oxum

Yansã

oracões

Xangô

Yemanjá

Oxossi

Oxalá

Oxumarê

Preto-velhos

Caboclos

Boaideiros na Umbanda

Baianos na Umbanda

Marinheiros

Pomba Gira

Maria Padilha

Oração de exu

Banhos de descarregos

Pontos Riscados de Exu

História de Rei Congo

Maria Redonda

Pontos Cantados diversos

Pontos Cantados Orixás

Galeria de Videos

Mensagem do Sr. Zé Pilintra

Pai José da Guiné

Exu Capa Preta

Exu 7 encruzilhadas

Exu Morcego

Mensagem de Pai joão de Angola

Histórias de Vovó Luiza

Atribuição dos Preto-velhos

Ogum Rompe Mato

Ogum Yara

A história de vovó Benedito

Oferenda de Oxum

Oferenda a Xangô

Oferenda de Ogum

Oferenda de oxossi

A Mediunidade, os orixás e os caboclos

Orações Diversas

Os filhos de Omulu

Mensagens de Natal

Porque os exus riem

Cigano Pablo

Cigana Esmeralda

Mensagem de Ogum

Altar virtual

Altar Virtual dos Orixás

Altar dos Preto-velhos

Altar de Nossa Senhora

Altar de ogum

Altar de Oxum

Altar de Exu

Videos de preto-velhos

Descubra o seu Orixá

Livro de Visitas

Livro de Visitas 2

10 erros cometidos por médiuns

A tristeza dos Orixás

Altar na umbanda

Amor palavra de ordem na gira

As falanges de trabalhos na umbanda

Assistência

Atitudes interiores

Bandeira branca de Oxalá

Cantos e palmas num terreiro

Como acontece a gira

Como ler ouvir observar e saber se aquilo é certo

Conduta Moral

Conduta no terreiro de umbanda

Conflitos

Conflitos Familiares

Cores e a umbanda

Cumprimentos e posturas

De olho Fechados

Deus não te Fez para sofrer

Deus salve a Umbanda

O dia de Finados na Umbanda

ELEMENTOS DO TERREIRO DA UMBANDA

Entendendo a inveja

ESPIRITUALIDADE E CONSCIÊNCIA

Expressões usadas na Umbanda

Exu não é fofoqueiro

Exu não é o diabo

Falta de doutrina e comprometimento

Faz caridade fio

Faz o bem sem ver a quem

Fumos e Bebidas

Fundamentação doutrinátoria

Guias e Colares

Hierarquia na Casa de Umbanda.

Humildade

Jogaram uma carga pesada pra cima de mim

Linha de Esquerda: "Exu e ´Pomba-Gira"

Mediunidade na Umbanda

Mediunidade, um passo de cada vez

Mensagem de Caboclo 7 Flexas

MIRONGA DE PRETO VELHO

NÃO ABANDONES O TEU POSTO DE SERVIÇO

Normas dos terreiros

Nossos Umbigos

O maior inimigo da Umbanda

O pequeno universo do umbandista

O Perdão Não tem Contra-indicação

O templo que vos acolhe

OBRIGAÇÕES NA UMBANDA

Obrigado, vovô

Oração do umbandista

Orixá de Cabeça

Os Caboclos na Lição de Pai João

Os médiuns são Parceiros

Os Orixás se Manifestam em Nós e Através de Nós!

Os perigos e conseqüências da mediunidade mal orientada


Página inicial textos de Umbanda

Clique aqui.














"Que ogum te abênçoe hoje e sempre....



topo

 
 
                              
          

 



Os textos apresentados na sua maioria foram retirados , da internet. Esse é um espaço onde colocamos diversos pensamentos e o nosso principal objetivo é a divulgação da nossa Umbanda. Quando algum texto for de autoria do Centro Pai João de angola, o responsável será indicado; da mesma forma que fazemos com outros autores que não têm vínculos com a nossa casa... Comunicado Importante: Este é um Site totalmente gratuito, sem fim comercial ou lucrativo. Algumas imagens e informações provêm de outros sites na internet. Caso você seja o detentor do Copyright de qualquer uma delas, e deseje que ela seja retirada, por favor, é só nos mandar uma mensagem citando o nome e a localização para sua remoção imediata. Não temos o objetivo de nos apropriar de informações alheias tomando-as como nossa, pelo contrário, sempre que possível, colocaremos o nome do autor abaixo do título para deixar bem claro que a intenção é de divulgar a Umbanda através de textos bem elaborados e esclarecedores. Saiba que o Centro Pai João de Angola está isento de qualquer responsabilidade.







  Site Map