Bará

Bará

Mensageiro divino, guardião dos templos, casas e cidades. É o dono de todas as portas, de todas as chaves e de todos os caminhos. É reverenciado em primeiro lugar em todos os terreiros de nação africana.

Recebe suas oferendas nas encruzilhadas.

Se estiver atrapalhado, sem emprego, sem rumo, ou deseja realizar qualquer tipo de negócio se apegue com este Orixá, o Bará pode te dar a solução.

Não existe nenhum terreiro de tradição africana que não tenha o assentamento do Bará.

Ele é o princípio e o fim de tudo, até após a morte de um iniciado na religião, o primeiro a receber ritual é o Bará.

Bará em Yorubá quer dizer força; se for bem tratado reage favoravelmente em prol de quem lhe oferendou. Olorum concedeu ao Bará o privilégio de receber as oferendas em primeiro lugar. Sem ele nossas orações não seriam ouvidas por nenhum outro Orixá, nem mesmo no orum.

Como dono das chaves, dos portais, encruzilhadas, caminhos e comércio, deve sempre ter suas saudações, obrigações e cortes quando necessário, feitos em primeiro lugar caso contrário caminhos trancados, mas não devemos tachar o Orixá Exu de egoísta, para a segurança de nosso ritual é só serví-lo primeiro e assim nosso ritual estará

bem encaminhado. É o Orixá responsável pela boa abertura dos trabalhos, esta para nossos negócios e vidas, destrancando caminhos e abrindo portas ou trancando e fechando, dependendo de nossos merecimentos e cumprimento de tarefas.

O dia da semana consagrado ao Bará é a segunda-feira, sua cor principal é o vermelho.

Os Barás cultuados no Batuque do Rio Grande do Sul são:

BARÁ LODÊ: Exu Lodê tem seu assentamento feito do lado de fora do templo. Divide sua morada com Ogum Avagãn. É o Orixá que mantém a estrutura do templo; a sustentação dos terreiros depende do Bará Lodê.

BARÁ ADAGUE: Recebe suas oferendas nas encruzilhadas; seu assentamento é feito dentro do templo; é um dos mais requisitados, pois faz a frente de Ogum, Oyá, Xangô, Odé, Otim, Obá, Ossãe e Xapanã.

BARÁ LANÃ: Trabalha nos cruzeiros (encruzilhadas). Tem as mesmas atribuições do Bará Adague. Responde também nos cruzeiros de mato.

BARÁ AJELÚ: Este é o exu que faz a frente dos Orixás de água, Oxum, Yemanjá e Oxalá.

Além do epô (azeite de dendê) usa-se mel nas suas oferendas.

Sincretismo Religioso:
Bará Lodê – São Pedro, quando faz adjuntó com Iansã, São Benedito com faz adjuntó com Obá.

Bará Lanã – Santo Antônio do Pão dos Pobres

Bará Adague – Santo Antônio

Bará Agelú – Menino no colo do Santo Antônio

Uma boa gira?!

O que é necessário para uma boa sessão?

Não é preciso muita coisa, apenas boa vontade, por parte de todos os presentes sejam eles, médiuns ou não.

Apesar disto muitas pessoas, ainda tem muitas dúvidas quanto ao trajeto normal que deveria seguir uma gira de umbanda.

Para estes aqui vai umas dicas de como proceder, em meio de uma sessão.

Antes da gira propriamente dita: _Banho de descarrego. Todo médiun , bem como todo aquele que frequenta uma gira de umbanda, deveria tomar um antes de ir ao terreiro.

Considere que mesmo que você não tenha o costume , é de bom tom te-lo.

Ao andar na rua, ao entrar em contato com outras pessoas nós adquirimos destas pessõas suas cargas, e quantas vezes nós entramos em lugares carregados de fluidos nocivos, quantas vezes entramos em banheiros públicos e nos enchemos de cargas e larvas astrais?

Considere isto tudo e pese os fatos, veras que um banho é mais que necessário. Se vais girar, muito bem, se não vai melhor ainda, pois o trabalho dos guias será mais fácil, e para você terá mais proveito.

Note que qualquer banho serve, mas se você quiser podemos te dar umas dicas:

1-Não utilize sal grosso, ele ao contrário do que se pensa, não descarrega, apenas atrai bons fluidos, e bons fluidos em corpo sujo astralmente, não resultam em nada.

2-Ao invés de ferver as ervas , macere, isto é esfregue entre ambas as mãos, isto tornará seu banho de descarrego mais potente do que se fosse fervido.

3-Ao macerar as ervas não pense em outra coisa a não ser o seu beneficio , assim você estará fluidificando seu banho e tornando ele mais eficaz.

Ao fazer seu banho fuja das conversas e das distrações que só vão atrapalhar.

4-Ao terminar de fazer o banho recolha os restos de folhas que ficaram, devolva-os a natureza agradecendo ao orixa Ossanhe o beneficio que ira obter, lembre-se que a natureza é uma dádiva que Deus pos ao nosso alcance.

5-Não faça o banho logo que terminar a maceração deixe que a água descance pelo menos uns dez minutos, enquanto isto relaxe, pois um bom banho deve ser relaxante e principalmente calmo.

6-Ao tomar seu banho não tenha pressa, faça-o com calma aproveitando cada minuto.

7-Ao fazer o banho mentalize a entidade ,a qual destina-se o mesmo, faça seus pedidos e sinta-se bem.

8-Não se seque , deixe que seu corpo seque por si.

9-Coloque , ao se vestir uma roupa clara.

Algumas dicas de banhos:

Para abrir caminhos:

Macere Arruda, guiné, alecrim, alevante, quebra os males, adicione depois meio copo de vinho e uma colher de açucar, faça seu banho e ofereça ao destranca rua pedindo ajuda.

Para achar um amor:

Faça um saquinho de lã, com um pano branco e dentro coloque Arruda, guiné e alecrim.

Enrole o sabonete no saquinho e reze enquanto toma banho: Arruda, guiné , alecrim, que seu cheiro traga um amor para mim.

Boa Sorte!!!

Vejo muitas pessoas culparem Olorum ou Exu dos seus erros de sua ignorância.

Vejo alguns Ex Umbandistas culpar Exu que a vida deles está uma bosta, primeiro não existe ex umbandista, se foi e saiu não tem convicção, não tem amor e mais tinha interesse em algo.

Somos donos dos nossos atos, o bem e o mal está em seu coração você faz a escolha é caráter, é índole.

Exu não te leva pro inferno e sim você mesmo com seus pensamentos, com suas atitudes, vejo pessoas procurarem certos médiuns para ficar rico, ter a mulher tal ou o homem tal, o melhor emprego ou amansar o seu chefe,

ai te pergunto:

Isso é de Exu?

Isso é da Religião de Umbanda? NÃO!

É o ser humano que sempre que ir pelo lado mais fácil, conquistar as coisas pelo lado mais fácil e acha que pode usar o nome Exu pra saciar os seus desejos loucos e delirantes.

Exu não vai fazer isso, ele vai te esgotar, te neutralizar e absorver todo esses sentimentos ai a pessoa não tem o que quer fala mal, não consegue resolver a sua vida, fala mal, não quer trabalhar fala mal.

A esses como diz meu veio Amigo e Guardião Aos de pensamentos pequenos sem vontade e acha que pode usar Exu do jeito que falam hahaha é com esse que eu gosto de descer o chicote hahahaha.

Exu é vida, é alegria, é benevolência, é a vontade. Exu te da a vontade e o animo quem trabalha é você rsrsrs.

Muito Axé dos Exus em suas vidas. Por Paulo Cesar do Exu Pimenta. 24/03/2016

Esta entrada foi publicada em 7 Linha da Umbanda e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.