Descarregos de Pólvora

Descarregos de Pólvora.

( Fotos Meramente ilustrativas, fonte internet)
Os descarrego de pólvora, são muito usado na “Umbanda” e nas Linhagens de “Nagò e Bantos”, possuindo poderosa e grande força benéfica, desde uma vez, que a pessoa saiba utilizá-la!
Todo o descarrego com pólvora, deve sempre ser feito sob a orientação de um dirigente experimentado e mentores espirituais, e sempre a partir do “pôr do sol” e se estendendo até às 23.30 horas.
A explosão e o fogo da pólvora (fundanga) provoca um grande poder mágico, como também as combinações de cores das velas, para expulsar o “Mal” de pessoas, de locais ( residências ou local de trabalho profissionais), levando-os para o espaço, por isso, realizamos em pessoas ao ar livre!
A pólvora é usada como um acelerador de partículas. Através da liberação de gases, acontece o movimento frenético das moléculas de água que compõem o nosso campo magnético, campo esse denominado de aura, energia resultante da queima das células de todo o corpo dirigido pelo cérebro, centro de comando do espírito, energia sutil apenas detectada em fotolitos.
A pólvora em queima, libera seus elementos sutis que interage neste campo liberando o vampirizado do cordão fluídico denso e negativo.
Com o movimento frenético das moléculas dá-se o rompimento do mesmo liberando ambos os espíritos para o devido tratamento, acontecendo de forma idêntica com as larvas astrais que como ‘’carrapatos’’ do espírito se desgrudam e se desintegram na corrente elétrica provocada pela queima da pólvora.
Nenhum espírito é queimado pela pólvora. A sensação do mesmo na hora da queima é de um choque elétrico provocando na maioria das vezes um desmaio temporário ou um torpor dos sentidos.
A pólvora é um elemento material utilizado para vibracionar o campo das energias sutis do corpo, assim como a água fluidificada é carregada de energia para que atue nas células do corpo físico e também igualmente como o passe magnético potencializador dos elétrons que pulam das mãos do médium para o corpo do receptor agindo nas células do corpo físico.
Descarrego é a forma habitual das entidades ou médiuns, retirarem das pessoas as energias negativas das quais estão carregados em sua aura ou perispirito.
O descarrego, é feito utilizando-se de velas, pipocas, ovos, folhas, queima de pólvora (Fundango) e banhos de ervas. A descarga energética é feita através do descarrego, e após os objetos passados na pessoa são despachados em água corrente ou queimados. (no caso de folhas

Fundanga
A “Roda de Fogo” ou Fundanga é instrumento utilizado pela Gira de Guardiões, onde somente pode ser realizada, com a presença do Sacerdote Pai ou Mãe de Santo do Terreiro. Ela é presidida pelas entidades Chefe, onde respeitosamente é elaborada a corrente de Luz vibratória dos médiuns onde o Guardião (ou Exu) Sr. Tranca Ruas das Almas, juntamente com o Guardião Sr. Do Lodo, “ ativam um espiral, abrindo o portal de uma terceira dimensão”, onde no momento da queima da pólvora, ocorre uma desobsessão em massa do filho favorecido no centro do círculo. É nesta hora que os Guardiões agem pela misericórdia Divina, buscando onde quer que estejam, os espíritos trevosos obsessores, espíritos e falanges das sombras, chefes e todos os seus comandados. Toda esta falange é retirada da orbe terrestre, através de um minucioso plano estratégico traçado pelos Guardiões, pq caso contrário, continuam atuando e desestruturando o equilíbrio do Planeta e de seus habitantes. A massa densa e negativa que envolve a Terra, é fruto de espíritos inferiores que atuam com o auxílio dos que ainda habitam o planeta vibrando negativamente, com pensamentos e atos egoístas, invejosos, ambiciosos e de desamor. Estas atitudes vão contra as Leis Divinas, onde Olorum (Deus todo Poderoso ou Zambi) “gritou” pelo Amor Maior, através de seu filho Perfeito Oxalá (Jesus) que ensinou e demonstrou o Amor em sua forma e ação sublime. É com a autorização e em nome de Oxalá que tão despretensiosamente e caridosamente vêem todo esse exército – Os soldados da Luz – trabalhar em prol dos irmãos necessitados de auxílio e de Luz.


***Lembramos que todo o material utilizado compõe um elemento magístico poderosíssimo. Isto nos traz um alerta, quanto à manipulação e responsabilidade de utilizá-lo, visto que se não forem elaborados os procedimentos pelos Guardiões Chefe do terreiro, esse material pode ser desastrosamente utilizado com a mesma força e ação poderosa pelas trevas,.. isto implica na utilização dos mesmos pelas trevas, ativando esse portal tridimensional e soltando todos os maus elementos espirituais trevosos, causando danos e comprometimentos irreparáveis a quem esta manipulando e utilizando este elemento magístico (mesmo que por falta de conhecimento ou ingenuidade), daí a grande responsabilidade de quem preside a as executa.
A pólvora é usada como um acelerador de partículas. Através da liberação de gases, acontece o movimento frenético das moléculas de água que compõem o nosso campo magnético, campo esse denominado de aura, energia resultante da queima das células de todo o corpo dirigido pelo cérebro, centro de comando do espírito, energia sutil apenas detectada em fotolitos.


Tópico Relacionado.
ZE PELINTRA
Este é o exemplo de um guia de luz.
Salve seu ZÉ PELINTRA.
A Umbanda é uma religião brasileira, Espiritismo, culto aos orixás e Catimbó.
A Umbanda tem seu edificio solidificado, e sua maior lei é Amar a Deus sobre todas as coisas e o amar ao próximo como a si mesmo.
A Umbanda é uma religião, espírita-magista, trabalhando com os espíritos desencarnados, de diversas faixas vibratórias, a Umbanda, tem seu catecismo em simbologias enigmáticas (Pontos riscados, cantados, velas coloridas, etc..)
A Umbanda de Zé Pelintra é voltada para a prática da caridade (fora da caridade não há salvação), tanto espiritual quanto material (Ajuda entre irmãos), propagando que o respeito ao ser humano, é a base fundamental para o progresso de qualquer sociedade.
Zé Pelintra também prega a TOLERANCIA RELIGIOSA, sem a qual o homem viverá constantemente em guerras.
Para Zé Pelintra, todas as religiões são boas, e o princípio delas é fazer o homem se tornar espiritualizado, se aproximando cada vez mais dos valores reais, que são Deus e as obras espirituais.
Na humildade que lhe é peculiar, Zé Pelintra, afirma que todos são sempre aprendizes, mesmo que estejam em graus evolutórios superiores, pois quem sabe mais, deve ensinar a quem ainda não apreendeu e compreender áquele que não consegui saber.
Zé Pelintra, espírito da Umbanda e mestre catimbozeiro, faz suas orações pelo povo do mundo, independente de suas religiões.
Prega que cada um colhe aquilo que planta, e que o plantio é livre, mas a colheita é obrigatória.
Zé Pelintra faz da Umbanda, o local de encontro para todos os necessitados, procurando solução para o problema das pessoas que lhe procuram.
Venha conhecer a Umbanda de Caridade e o seu Zé Pelintra.
. Zé Pelintra é o médico dos pobres e advogado dos injustiçados, é devoto de Santo Antonio, e protetor dos comerciantes, principalmente Bares, Lanchonetes, Restaurantes e Boites, e sempre recorre a Jesus, fonte inesgotável de amor e vida.
Na gira em que Zé Pelintra participa são invocados os caboclos, pretos velhos, baianos, marinheiros e exús.
Em cada linha, a segurança e a esperança de uma conquista certa e segura.
Viva Deus, Viva Jesus, Viva Nossa Senhora da Aparecida, Viva o Senhor do Bonfim, Viva os Anjos, Viva os espíritos do bem, Viva nossos cablocos, Viva nossos pretos velhos, Viva Zé Pelintra, Viva sempre nossa UMBANDA.
A gira de Zé Pelintra é muito alegre e com excelente vibração e também disciplina é o que não falta.
Sempre Zé pelintra procura trabalhar com seus camaradas, e as vezes, por ser muito festeiro, gosta de uma roda de amigos para conversar, e ensinar o que traz do astral.
Zé Pelintra atende a todos sem distinção, seja pobre ou rico, branco ou negro, idoso ou jovem.
Seu Zé Pelintra, tem várias estórias da sua vida, desde a Lapa do Rio de Janeiro até o Recife . Todavia, a principal história que seu Zé Pelintra quer escrever, é a da CARIDADE, e que ela seja praticada e que passemos os bons exemplos, de Pai para filho, de amigo para amigo, de parente para parente, a fim de que possa existir uma corrente inesgotável de Amor ao Próximo.
Zé Pelintra prega o amparo aos idosos e às crianças desamparadas por esse mundo de Deus.
Se voce, ajudar com pelo menos um sorriso, a um desamparado , estarás, não importa sua religião ou credo, fazendo com que Deus também Sorria e que o Amor Fraterno triunfe sobre o esgoísmo.
ZÉ PELINTRA , pede que os filhos de fé, achem uma creche ou um asilio e ajudem no que puder as pessoas e crianças jogadas ao descaso.
Não devemos esquecer que a Fé sem as obras boas é morta.

Cantigas de Boiadeiro
Boiadeiros são entidades fortes em sua vibração. Gostam de dançar, e na
dança, mostrar sua grandeza.
Podem ser divididos em três categorias: Boiadeiros dos Orixás do Candomblé,
que são os mensageiros; Os Boiadeiros boiadeiros(!); e também há os
mensageiros dos Boiadeiros dos Santos, que são o que nas cantigas chamamos
de “tocador de boi”.
É uma linha maravilhosa para descarrego de médiuns “emporcalhados”.

Conhecendo os falangeiros de Ogum

Role a barra de rolagem lateral para ver as imagens

 

ogum 7 estrela
Ogum 7 estrela
ogum das matas
ogum das matas
ogum das Sete linhas
ogum das Sete linhas
ogum de lei
ogum de lei
ogum de ronda
ogum de ronda
Ogum do Oriente
Ogum do Oriente
Ogum mege da calunga
Ogum mege da calunga
Ogum nago
Ogum nago
Ogum sete ondas
Ogum sete ondas
ogum xaroque
Ogum xaroque
Ogum-Matinata
Ogum-Matinata
ogum-narue
Ogum-narue
ogum-yara
Ogum-yara



Esta entrada foi publicada em Defumação na umbanda. Adicione o link permanente aos seus favoritos.