Exu Mangueira

Exu Mangueira

Historia de Exú Mangueira

Exu Mangueira, identificado pelo nome cabalístico de Agalieraps.
Segundo conta, Exu Mangueira foi um rico criador de gado bovino que ascendeu ao poder se tornando primeiro ministro na França e era muito desposado com as mulheres da corte, pois como era muito educado e cortês tinha uma boa lábia conquistando muitos corações casados e deixando muitos maridos ciumentos irritados, tanto que foi morto por um destes.
Seu nome vem dos locais de criação de bois, mangueira é uma espécie de local onde se separa o gado para castrar, dar remédios, etc.
Seu trabalho é fiscalizar os planos físicos, dando ordens aos seus comandados, não recebe ordens de ninguém, somente de superiores.

Agalieraps (Exu Mangueira) – Possui gigantesco poder de cura, procurando prestar este auxilio especialmente aos Iniciado na Verdadeira Ciência Sagrada.
Sendo uma das poderosas forças da Lei do Retorno, possui uma vibração e irradiação extrema, e se quando necessário poderá ocasionar o desencarne de qualquer iniciado que por ventura tenha desejado o mal ou mesmo causado mal a quem quer que seja, utilizando das forças da magia. Também poderá trazer, iluminação e sabedoria pela mesma Lei do Retorno, aqueles que Agalieraps se simpatiza, ele garante proteção contra roubos, assaltos, acidentes, e mesmo ataques provenientes de rituais, envultamentos, vodu, ou qualquer outro tipo de magia nociva, ou mesmo ainda ondas de energia mental negativa.
Em sua apresentação, manifesta-se como um homem normal, de olhos brilhantes, de olhar profundo, trazendo o significado de ver além das aparências, podendo com grande facilidade saber dos pensamentos. Possui um turbante, indicando seu conhecimento total da magia oriental, mais particularmente Hindu. Possui um manto com capuz, símbolo do conhecimento antigo, e que pode transmiti-lo para o Verdadeiro Iniciado.
Há em sua mão algumas folhas de Mangueira, árvore originária da Índia, representando o culto ao tempo e aos antepassados. Símbolo também de sua maestria em lidar com elementos naturais (folhas, talos, caules, flores, frutos, especialmente, e de maneira particularmente espetacular com a mangueira), para se trabalhar com grandes feitos de magia astral, ou mesmo com a magia natural. Por este particular enlace com esta árvore, apresenta Agalieraps o conhecimento da botânica oculta, ou botânica mágica, advertindo e ensinando o Iniciado o poder das plantas e da necessidade de saber cultiva-las e protege-las de quaisquer agressões. Outra planta que está intimamente ligada a vibração energética de Agalieraps, é a alfazema, que simbolicamente representa a propagação dos perfumes utilizados nos ritos da Alta Magia, e da necessidade dos aromas dentro da Sagrada Ciência.
Apresenta-se como um homem culto, de fala calma e poética, aprecia um bom charuto, champanhe, vinhos, cerveja branca, contudo, sua bebida predileta é o absintoEnsinamento de um Exu Mangueira

O tempo é senhor da verdade e no tempo certo ele punirá que se atreveu a caminha na falsidade, desonestida e deslealdade e premiará todos que não se afastaram da verdade, hosnetidade e sinceridade.

Não vire as costas a seus amigos ou a quem lhe estendeu a mão um dia, para quem te der as costas, saiba que perdeu muito mais que um amigo.

Na existência da vida, nada é ou será construído ou conquistado sozinho, sendo assim, para chegar ou vencer conquiste e preserve amigos.

Folha seca não serve nem de adubo se for levado pelo vento. Pessoas que se deixam levar por palavras que não fazem sentido, nunca encontraram sentido em suas vidas.

O respeito dos outros somente será conquistado quando você aprender a respeitar e aceitar você como você realmente é.

Não pense em ter mais, novas conquistas em sua vida somente haverá e acontecerá quando você aprender a valorizar e a preservar o que já conquistou. Sem isto, as conquistas nada somaram, pois nada haverá a ser somado. Ganhar e perder, nada valem, não importa quanto ganhe sempre se sentirá derrotado. Mas se você preservar suas conquista, por menos que conquiste sempre será visto, respeitado, valorizado e se sentira um grande vencedor.

Exu não tem sentimento, tanto faz “bater” ou “derrubar”, cumprimos nossa missão e temos prazer em fazer com excelência. Mas isto, não quer dizer que não tenhamos apresso ou apego. A quem demonstra valor, respeito e reverencia nos apegamos.

Não é justo ou verdadeiro derrubar quem esta no chão. O bom é derrubar que acha que esta bem alto e quanto mais alto melhor. Se merecimento tiver, vamos elevá-lo no ponto mais alto, só para ouvir melhor o barulho do tombo.

Não importa quanto caído esteja! No seu merecimento, na sua reverencia e respeito, vamos ter força para tira-lo do buraco mais fundo que possa existir e levantá-lo ao ponto mais alto que você faça por merecer.

Exu é o mais dedicado servo do criador. Pois abriu mão de caminha na luz, para ser a mão e os olhos que ampara os perdidos, que por conta do sentimentos negativos estão na estrada da escuridão que não leva a lugar nenhum. Só exu pode nos reconduzir a luz, só ele conhece o caminho de retorno!

Exu não é amigo ou inimigo. Ele é a verdade, o caminho, o mestre, o caminho. Não tem dó ou piedade, fará tudo que for necessário para que tenhamos em nossa vida o merecimento que fizermos pro merecer.

Exu Mangueira na Umbanda

Um exu ligado a Ossaim, Ogun, e iwín (os espíritos das árvores).
Atua muito em abertura de caminho, progresso, proteção, vitórias e guerra.

É um bruxo da mata que se esconde nas árvores à noite, e utiliza da força do pé da mangueira para o seu trabalho. A folha da mangueira é muito utilizada em magias para o Orixá Ogun por seu poder de abrir caminhos, atrair vitalidade e vitória. É um guardião espiritual de muitos terreiros ligado ao exu tronqueira.

O melhor dia para cuidar de Exu Mangueira é a terça-feira, dia ligado ao planeta marte e energias de guerra, vitalidade e caminhos.

Suas bebidas podem ser a bagaceira, cachaça, ou cachaça com folhas e galhos de mangueira dentro.

Magia para o Exu Mangueira abrir caminhos de prosperidade

Pegar uma garrafa de vodca ou gim e colocar dentro folhas e galhos de mangueira, folhas de cana-de-açúcar, um pedaço de ferro, dez moedas correntes de maior valor, dez favas de anis estrelado e um azougue. Antes de fechar a garrafa fale o que deseja atrair com a boca no gargalo para que seus pedidos se misturem à bebida. Deixe curtir por uns 3 dias em local escuro.
Embaixo de uma árvore de mangueira à noite, acenda uma vela branca ou verde e passe pelo corpo um copo d’água pedindo limpeza e molhe a terra, pegue três gotas de dendê e molhe a terra também. Depois passe a bebida nos pés e nas mãos simbolizando a prosperidade que receberá em suas mãos e segure uma moeda com a mão esquerda, e jogue a bebida na terra, molhe a mangueira e suas raízes acenda um charuto ou cigarro, bafore fazendo os seus pedidos, deixe a fumaça subir nas folhas e abrace a árvore bem forte visualizando o seu desejo realizado, emoções e transmitindo para a árvore a imagem clara do que quer do Exu Mangueira e dos espíritos das árvores. Diga que quer o auxílio da falange de Exu Mangueira e dos espíritos que puderem e quiserem auxiliá-lo (Esta frase eu aprendi com Osó Luís de Oxalá ou Lulla de Oliveira). Quando o desejo é sincero e não agride a ninguém ele tende a se realizar sempre.
As moedas deverão ser doadas a pessoas que precisem como pedintes na rua.
Guarde a moeda (que segurou na mão) na carteira até se realizar, assim que estiver realizado, deixe-a embaixo de um pé de mangueira onde alguém possa pegar.
Agradeça tudo de bom que receberás positivamente.

O Assentamento do Exu Mangueira pode ter elementos como:

Um galho de mangueira
Imagem
Um pedaço grande de ferro
Sete qualidades de pimentas
Terra de estrada movimentada
Terra embaixo de um pé de mangueira apanhado numa terça-feira de lua minguante
Moedas correntes
Folhas de mangueira

Também podem ser colocados os elementos da firmeza num vaso de planta ou na terra e colocar a mangueira em cima. Se colocar no vaso de planta deve-se trocar depois de grande, ou colocá-lo na terra, plantando a muda grande numa mata e trocando por uma nova, mas trazendo da mata uma folha para guiar à energia que está na árvore até a nova planta e residência.

Ponto de Exu Mangueira

Esse boi vermelho, ô calunga,
Amarra na mangueira, ô calunga,
pra tirar o couro, ô calunga,
e fazer pandeiro, ô calunga!

Demanda braba, ô calunga,
chama o Exu Mangueira ô calunga!
Homem guerreiro, ô caluga,
Que vem neste terreiro, ô calunga!

Mas se quiser fazer feitiço
vá na estrada e plante a muda! (bis)
Marafo, dendê, pimenta
charuto ou cigarro
Prá agradar Exu Mangueira
O homem que ninguém derruba!

Av. Dona Sofhia Rasgulaeff 177.
Jardim Alvorada/ Maringá /Paraná
Telefone: (44) 3034-5827 (44) 99956-8463
Consultas Somente com Hora Marcada.
Atendimento: de Segunda a sexta-feira
Das 09:00 as 19:00 horas.
Não damos consultas:
via whatsapp ou via E-mail.