Ogum rompe mata

OGUM ROMPE MATO – Senhor Ogum Rompe Mato, Senhor e comandante dos Caboclos de Ogum. Para se falar do Caboclo Rompe- Mato é preciso antes fala do Senhor Ogum Rompe Mato para que não ocorra uma confusão entre Orixá e Caboclo. O Senhor Ogum Rompe Mato aparece com frequência na roupagem de um Caboclo, sendo facilmente confundido com os Seus Caboclos ou com o Orixá Oxóssi. A maioria dos Oguns se comportam de forma contida,

costumam ficar parado num local como se fosse um guarda de um palácio, mas os Oguns da Linha de Seu Rompe-Mato são diferentes, quase todos dançam e rodam o terreiro inteiro bradando. Ele é intermediário entre o Ogum e Oxossí, por isso usa como cor vibratória as cores dos dois Orixás. Seu campo de atuação é a entrada das matas, onde Oxossí governa, Ogum Rompe-Mato ordena e guarda.

Ele está sempre na entrada de uma trilha, guardando os espíritos que lá habitam.

O Ogum Rompe Mato, vem na forma de um caboclo, dando altos brados, secos e curtos, com as duas mãos fechadas entre-cruzadas, alguns vem com uma mão aberta outra fechada, depende com quem está cruzado.

O Caboclo Rompe Mato, como trabalha na atuação de Oxóssi, Ogum e xangô; atua nos campos de abertura de caminho, cura, aconselhamento e como a maioria dos caboclos de Xangô atua também na esquerda quando preciso.
O caboclo Rompe Mato que trabalha comigo, é um guerreiro, forte e sério, por irradiar a vibração maior de Oxóssi, ao contrario do que se diz por ai, eleele fala e se apresenta com um pajé sim.

É só pensa, se ele recebe irradiação de Oxóssi que é um dotado aconselhador, como Seu Rompe Mato irá aconselhar seus consulentes se ele não fala? Quando ele está sobre influência de Xangô dificilmente fala.
Usa a fumaça do seu charuto para limpar e equilibrar aqueles que pedem seu auxilio… E como todo bom guerreiro, brada lindamente.
Os poderes de Ogum

Ogum representa a eterna luta a favor da paz universal, a luta do espirito contra a matéria, a luta do ser humano para a sua purificação assim como acontece com o aço e o ferro quando são aquecidos e transformam-se em ferramentas cada vez melhores, assim é a luta de OGUM a favor do ser humano para que nos transformemos em pessoas melhores. Ogum , guerreiro da paz que vinte e quatros horas por dia nos defende dos ataques do mal , o mal do coração humano, o mal dos sentimentos negativos para com os nossos semelhantes, o mal praticado contra a mãe natureza.

Sua mensagem sempre é a de combater a guerra e levar a paz aos homens em qualquer canto onde haja desavenças. Ogum permite aos outros Orixás executarem o seu trabalho em harmonia com a ordem planetária. Pelas lutas de OGUM todos nós nos transformamos e renascemos melhores em espírito, e de renascimento em renascimento, de transformação em transformação, chegamos mais perto do ALFA, mais perto do mais que perfeito, mais perto da luz mais branca que o Universo pode conceber, pois foi concebido por ELE o nosso PAI CRIADOR DO INFINITO.

As legiões de Ogum são numerosas, e na verdade cada legião representa um quartel-general dos seus exércitos distribuídos pela natureza, por exemplo: Ogum Beira-Mar é um encanto, um poder energético que tem a função de controlar os locais aonde a terra encontra-se com o mar, as pedras encontram-se com os mares, as matas encontram-se com os mares. Nestes locais tem sempre um areal antes de chegar na praia, consequentemente nestes locais sempre existirá uma legião de Ogum Beira-Mar, legião esta que predomina em volta das águas antes de chegar na terra firme, ou antes de chegar dentro da mata, ou antes de chegar em cima das pedras.

Ogum Beira-Mar tem um irmão gêmeo, nas responsabilidades de predomínio de valores energéticos, pois a mata e a água estão intimamente ligados para dar sustentação a vida do planeta, e este irmão chama-se Ogum Rompe-Mato. Ogum Rompe-Mato atua na ligação da mata com a beira da praia, por este motivo dizemos que Rompe-Mato trabalha diretamente ligado com Beira_mar.

Ainda temos Ogum Iara que atua nas ligações de água salgada e terra e Ogum dos Rios que como o próprio nome diz atua nas regiões de água doce. Quando nós entramos para o mar, muda a dimensão de força e energia. é onde encontramos Ogum Sete-Ondas, Ogum Sete-Mares e etc….. é sómente um pequeno exemplo dos poderes de OGUM.

O Caboclo Rompe Mato, como trabalha na atuação de Oxóssi, Ogum e xangô; atua nos campos de abertura de caminho, cura, aconselhamento e como a maioria dos caboclos de Xangô atua também na esquerda quando preciso.
O caboclo Rompe Mato que trabalha comigo, é um guerreiro, forte e sério, por irradiar a vibração maior de Oxóssi, ao contrario do que se diz por ai, eleele fala e se apresenta com um pajé sim.

É só pensa, se ele recebe irradiação de Oxóssi que é um dotado aconselhador, como Seu Rompe Mato irá aconselhar seus consulentes se ele não fala? Quando ele está sobre influência de Xangô dificilmente fala.
Usa a fumaça do seu charuto para limpar e equilibrar aqueles que pedem seu auxilio… E como todo bom guerreiro, brada lindamente.

Os poderes de Ogum

Ogum representa a eterna luta a favor da paz universal, a luta do espirito contra a matéria, a luta do ser humano para a sua purificação assim como acontece com o aço e o ferro quando são aquecidos e transformam-se em ferramentas cada vez melhores, assim é a luta de OGUM a favor do ser humano para que nos transformemos em pessoas melhores. Ogum , guerreiro da paz que vinte e quatros horas por dia nos defende dos ataques do mal , o mal do coração humano, o mal dos sentimentos negativos para com os nossos semelhantes, o mal praticado contra a mãe natureza.

Sua mensagem sempre é a de combater a guerra e levar a paz aos homens em qualquer canto onde haja desavenças. Ogum permite aos outros Orixás executarem o seu trabalho em harmonia com a ordem planetária. Pelas lutas de OGUM todos nós nos transformamos e renascemos melhores em espírito, e de renascimento em renascimento, de transformação em transformação, chegamos mais perto do ALFA, mais perto do mais que perfeito, mais perto da luz mais branca que o Universo pode conceber, pois foi concebido por ELE o nosso PAI CRIADOR DO INFINITO.

As legiões de Ogum são numerosas, e na verdade cada legião representa um quartel-general dos seus exércitos distribuídos pela natureza, por exemplo: Ogum Beira-Mar é um encanto, um poder energético que tem a função de controlar os locais aonde a terra encontra-se com o mar, as pedras encontram-se com os mares, as matas encontram-se com os mares. Nestes locais tem sempre um areal antes de chegar na praia, consequentemente nestes locais sempre existirá uma legião de Ogum Beira-Mar, legião esta que predomina em volta das águas antes de chegar na terra firme, ou antes de chegar dentro da mata, ou antes de chegar em cima das pedras.

Ogum Beira-Mar tem um irmão gêmeo, nas responsabilidades de predomínio de valores energéticos, pois a mata e a água estão intimamente ligados para dar sustentação a vida do planeta, e este irmão chama-se Ogum Rompe-Mato. Ogum Rompe-Mato atua na ligação da mata com a beira da praia, por este motivo dizemos que Rompe-Mato trabalha diretamente ligado com Beira_mar.

Ainda temos Ogum Iara que atua nas ligações de água salgada e terra e Ogum dos Rios que como o próprio nome diz atua nas regiões de água doce. Quando nós entramos para o mar, muda a dimensão de força e energia. é onde encontramos Ogum Sete-Ondas, Ogum Sete-Mares e etc….. é sómente um pequeno exemplo dos poderes de OGUM.

Nesse dia 2 de fevereiro, os Candombles e algumas casa de Umbanda comemoram o dia da Rainha do Mar, minha Mãe Iemanjá, sicretizada nesse dia como Nossa Senhora dos Navegantes.

Nesse periodo acontecem procissões e festejos, por todo o litoral brasileiro. Iemanjá é um dos Orixás mais cultuados e o mais comemorado aqui no Brasil.

É festejada em Dezembro, no final do ano, em 2 de fevereiro e em 15 de agosto, em alguns trreiro de Umbanda (nossa casa, por exemplo), quando Iemanjá é sincretizada, como Nossa Senhora da Gloria, ou dia da Assunção de Nossa Senhora.

Iemanjá é considerada, a mãe de todas as cabeças, na mitologia Yorubá é a mãe de diversos Orixás, como Oxossi, Ogum e Exu.

No Brasil, foi a ela atribuido o reino dos mares, pois segundo a lenda era ela quem protegia os negros escravos vindos da África, nos navios negreiros.

Conhecida também como Janaína, Inaê, Sereia, Rainha do Mar, entre outros. Ela chefia a Linha das Águas na Umbanda. Iemanjá é a Orixá da harmonia familiar, da criação, regendo a criatividade.

Também considerada Orixá da maternidade, Mãe amorosa com seus filhos.

Diz-se que é Iemanjá quem segura a cabeça do rescem nascido, na hora do parto.

Dessa Linha, também estão as Orixás: Oxum, Nanã e algumas Iansãs. Apesar que as duas Últimas correspondem a Linha das Almas (com Obaluaê/ Omulú) e da Lei (com Ogum. Somente Iansã).

A Linha da Águas representam também todo o Povo das Àguas, como Marinheiros e Marujos, Ondinas e Sereias.

O dia da semana dedicado a Iemanjá é o Sábado. Suas cores são o Azul claro, o branco, o prata e o verde água. Usa-se mais comumente na Umbada o Azul Claro.

Suas oferendas são rosas brancas,palmas brancas, velas azuis ou brancas, manjar branco, arroz doce, perfumes, cidra, espelhos.

Suas frutas são melancia, graviola e uvas brancas Comidas: Manjar branco, Feijão branco com camarão, pescada assada, muqueca de peixe.arroz doce.

Bebida: Sidra, Saudação, Odoiá! Odofeabá! Odociaba! Que em tardução livre significa: “Amada Senhora das àguas” Lembrando que cada casa de Umbanda, tem seu modo de Louvar, os Orixás.

Uma dica: Quando for fazer suas oferendas a Nossa Mãe Iemanjá, tome certos cuidados, em prol do meio ambiente. Afinal, a natureza é o ponto de força dos nossos Pais e Mães Orixás.

Tome cuidado ao ascender velas, certifique-se que não há nada inflamávrl proximo ao locas.

Ascenda a vela para Iemanjá em cima de um pedra ou cave um buraco na areia (isso também proteje a vela do vento).

Não deixe, garrafas, frascos, pratos, objetos plasticos na praia ou jogados no mar.

Despeje o conteudo das garrafas ou frascos de perfumes, nas aguas do mar e jogue os recipientes no lixo.

No caso de comidas, Procure fazer bandejas naturais, com folhas de bananeira.

A Própria casa de melancia também serve como recipiente.

Os espinhos das rosas devem ser sempre tirados.

Use a imaginação, e faça uma oferenda consciente.

Com o menor impacto ambienttal possível.

Mãe Iemanjá agradece. Abraços e muito Axé!

Av. Dona Sofhia Rasgulaeff 177.
Jardim Alvorada/ Maringá /Paraná
Telefone: (44) 3034-5827 (44) 99956-8463
Consultas Somente com Hora Marcada.
Atendimento: de Segunda a sexta-feira
Das 09:00 as 19:00 horas.
Não damos consultas:
via whatsapp ou via E-mail.