Orações e oferendas a boiadeiro na umbanda

Boiadeiros: Orações na Umbanda

Oração 1

Meu amigo Boiadeiro!

Tu que guia teu gado pelas porteiras dos caminhos de Ogum,

Tu que passa por rios, sob Sol e chuva com seu berrante a anunciar Tua chegada,

Tu, que com teu chicote em punho, hábil com o laço e não deixa demanda criar,

Ajuda-me nesta hora, abra as porteiras de meus caminhos!

Traga no teu laço aqueles que me querem mal.

Que na Tua chibata haja justiça de minha causa.

Que eu encontre em meus caminhos a solução para para os meus pedidos.

Jetruá!

Oração 2

Em nome de Deus, dos Divinos Tronos, dos Sagrados Orixás,

Em nome dos Regentes da Lei Maior, da Justiça Divina e do Sagrado Orixá da Lei Senhor Ogum.

Invocamos a Linha dos Boiadeiros pedindo que acolha esta prece e nos auxilie dentro dos nossos merecimentos.

Pedimos, Senhor Boiadeiro, que recolha todos os espíritos sofredores que estejam nos acompanhando ou ligados a nós.

Cure e regenere esses espíritos despertando-os para o novo estado em que se encontram no mundo maior.

Afaste os inimigos encarnados e desencarnados, os conflitos, as guerras e todas as ações negativas que estão em nosso caminho.

Pedimos que nos ajude a recolher nossas próprias boiadas que acabamos deixando para trás no caminho da vida.
Boiadeiros, abram nossos caminhos para que possamos ter dias mais fartos, mais prósperos, mais iluminados e mais harmoniosos.

Auxilie-nos a suprir todas as deficiências e tudo o que nos falta nos Sete Sentidos de nossa vida, para que possamos nos sentir plenos e assim continuemos fortes e não fraquejemos diante dos obstáculos que encontrarmos em nossa vivência neste plano material.

Contamos com vossa FORÇA, LUZ e PERSEVERANÇA.

Jetruá Seu Boiadeiro!


Boiadeiros da Umbanda

Os Boiadeiros são tidos na Umbanda como Espíritos de vaqueiros, trabalhadores rurais, filhos geralmente de brancos e índios (mestiços), que formavam a grande massa da população brasileira. Alcançaram a condição de Guias Espirituais graças as suas vastas experiências de vida. Trabalham nos Terreiros nas funções de guardiões contra as demandas e interferência de Quiumbas (Espíritos trevosos), os quais tratam com alto rigor e austeridade. O mesmo comportamento não se nota quando nas suas incorporações ao lidar com os filhos de fé; em relação a estes, procuram sempre trazer muita alegria e descontração, e, desta forma, fazem seu trabalho de descarga e limpeza material e espiritual.

É uma linha poderosa e muito numerosa no panteão umbandista. Atuam nas Sete Linhas da Umbanda na defesa dos axés e fundamentos das Casas de Santo.

As Giras feitas em louvor a estas entidades têm uma alegria e vigor, típicos da energia que trazem para os Terreiros. Gostam de dançar, beber e fumar charutos ou cigarros de palha. Não há dúvidas de que tudo isto é a exteriorização cultural de um mundo alegre e farto, seja material ou espiritual. Esta alegria presente nas danças e pontos cantados e nas suas oferendas, são a demonstração de uma segurança na fartura espiritual do mundo do qual procedem.

O símbolo dos Boiadeiros é o laço e o chicote. Quando incorporados gostam de usar chapéu de vaqueiro e gibão, caracterizando desta forma a espontaneidade dos homens simples do sertão.

Sua saudação é Jetuá!

      Umbanda-Caboclo-Boiadeiros-Canto-Do-Boiadeiro

Oferendas:

MOCOTÓ DE BOIADEIRO

Ingredientes: 1 mocotó cortado, 8 dentes de alho socados, 2 cebolas picadas,pimenta malagueta à gosto, sal, 4 folhas grandes de louro, 2 colheres de sopa de azeite de oliva , 1 colher de sopa de azeite de dendê, 4 colheres de sopa 1 pimentão pequeno picado, 4 tomates grandes sem casca e semente, picados, salsinha à gosto.

Modo de preparar: Escalde o mocotó com água, sal e folhas de louro; reserve 2 conchas do escalde, o restante da água jogue fora. Doure um pouco o alho, acrescente o mocotó e o restante dos temperos. Acrescente as 2 conchas do escalde e mais água para o cozimento. Deixe cozinhar por 1 hora. Sirva em alguidar com farofa.

FAROFA DE BOIADEIRO

Ingredientes: 1 quilo de farinha, 1 molhe de couve picada à mineira, ½ quilo de toucinho de fumeiro salgado( deixar de molho por 12 horas para retirar o excesso de sal) ou bacon, 3 dentes de alho e 1 cebola picada.

Modo de preparar: Pique o toucinho e coloque-o para fritar até liberar bastante gordura. Frite o alho e a cebola. Acrescente a farinha e por último a couve.

Sirva com meladinha (cachaça com mel), vinho ou a bebida preferida do seu Boiadeiro.

Esta oferenda pode ser entregue num a porteira, do lado direito de quem entra. Ou embaixo de uma árvore.

Geralmente os pedidos direcionados a esta Entidade são para conseguir pagar ou receber dívidas em atraso. Emprego. Comprar ou vender imóveis.

Av. Dona Sofhia Rasgulaeff 177.
Jardim Alvorada/ Maringá /Paraná
Telefone: (44) 3034-5827 (44) 99956-8463
Consultas Somente com Hora Marcada.
Atendimento: de Segunda a sexta-feira
Das 09:00 as 19:00 horas.
Não damos consultas:
via whatsapp ou via E-mail.